Social Icons

https://twitter.com/blogoinformantefacebookhttps://plus.google.com/103661639773939601688rss feedemail

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Polícia sueca invade estaleiro Kockums, agora em poder de alemães

Policias militares, juntamente com representantes da Defence Materiel Administration (Försvarets materielverk - FMV) da Suécia, invadiram nesta sexta-feira (11) o estaleiro Kockums, em Malmö. Segundo o jornal Blekinge Läns Tidning, o objetivo da operação policial era impedir que avançada tecnologia, pertencente à FMV, deixasse a Suécia.

Uma grande parte dos equipamentos utilizados nos submarinos suecos é fabricada pelo estaleiro Kockums, que agora pertence ao estaleiro alemão ThyssenKrupp Marine Systems.

O estaleiro Kockums foi incumbido de projetar e construir uma nova classe de submarinos convencionais para a Marinha Sueca. Ademais, as negociações entre o Ministério da Defesa da Suécia e os donos do estaleiro Kockums (os alemães) fracassaram, uma vez que os alemães não puderam garantir a construção do primeiro submarino da classe A26 a um preço fixo. Portanto, a FMV se viu obrigada a proteger a tecnologia sueca.

A FMV e Governo sueco acreditam que os alemães favoreceram consistentemente o seu estaleiro em Kiel, Alemanha, e essas restrições internas dificultaram a cooperação sueca com os outros países em termos de desenvolvimento da próxima geração de submarinos.

O chefe da segurança do estaleiro Kockums, Lars E Karlsson, tentou impedir o trabalho da polícia sueca, mas não logrou êxito.

Na última terça-feira (8), o Escritório de Projetos do Kockums também foi invadido por agentes da FMV.

Em ambas operações, equipamentos altamente secretos foram apreendidos, assim diz a mídia sueca.

3 comentários:

  1. Quando os políticos aqui vão ter amor por esse paraíso chamado BRASIL? Taí um bom exemplo para começar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu que , quando o povo souber votar.

      Excluir
  2. Dái eu pedir: Abaixo a ditadura do Voto Obrigatório...e qto ao conheci/ avançado deste estaleiros? Já estão em mãos do Alemanhães desde sempre...Quem viver verá.Sds.

    ResponderExcluir