Social Icons

https://twitter.com/blogoinformantefacebookhttps://plus.google.com/103661639773939601688rss feedemail

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Rússia exibirá pela primeira vez o míssil "Assassino de Porta-aviões"

O míssil secreto supersônico anti-navio russo P-700 Granit (SS-N-19 'Shipwreck' na nomenclatura OTAN) será exibido pela primeira vez em uma exposição permanente no parque "Patriota", em Kubinka, Moscou.

Por sua velocidade e potência, o P-700 Granit é conhecido como o "Assassino de Porta-aviões".

O P-700 Granit dota o armamento dos cruzadores nucleares das classes Kirov, o porta-aviões Admiral Kuznetsov e os submarinos nucleares de ataque da classe Oscar.

Os russos afirmam que o P-700 Granit é o míssil mais avançado de seu tipo em serviço.

"O Granit é uma máquina única. É o primeiro míssil que conta com um sistema artificial, por isso é capaz de encontrar o alvo e atacá-lo. Posteriormente, os próprios mísseis decidem qual dos alvos representa o maior "valor", onde um míssil ataca  e outro cobre o ataque. É impossível detectar e interceptar o Granit com os sistemas de defesa aérea de um navio", afirmou ao jornal russo Izvestia Vladimir Polyachenko, responsável pela armas da NPO Mashinostroyeniya no museu.

O Granit tem alcance de cerca de 625 km, a velocidade de cruzeiro é de 660 m/s e em sua fase final de vôo alcance 1000 m/s.

Um comentário:

  1. Imagina encarar um míssil desse de frente...

    ResponderExcluir